Twitter

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Tchau Princesa!


Hoje termina o ano, e também a saga de uma Princesa insatisfeita. Ela nasceu pobre, fraca e cheia de amor. Mas, a fraqueza com o tempo tornou-se comodismo. Cresceu uma menina bela, ao menos era o que todos lhe diziam. Coberta de elogios e sorrisos, falsos ou não, ela crio seu próprio mundo e fechou-se nele. Um mundo cor de rosa. Raras eram as ocasiões em que permitia que alguém adentrasse em seu mundo. Naquele universo “cor de iogurte de morango”; Ela sentia amor, mas, não dizia; Não sentia, e queria acreditar sentir.

Durante muito tempo seu mundo esteve intacto. Quando descuidava e deixava o sofrimento entrar, simplesmente calava-se. Se fosse tomada por uma enxurrada de felicidade, o que a alegrava eram apenas fantasias. Até o dia em que ela caiu. O mundo dela ruiu. E foi ela quem quis assim.

Naquele dia, olhou a placa de entrada da sua redoma, que dizia “Aqui vive uma Princesa”, espatifar no chão. Ao se aproximar para colocá-la no lugar, notou que aquela Princesa não era mais ela. E que toda aquela vida nobre que levara era falsa. Descobriu que, tinha “amigos” perfeitos criados por ela mesma. Uma família perfeita que nunca a satisfazia. Então, pegou a placa guardou numa caixa, e disse a si mesma:

— Ela se foi! Chegou à hora de você viver a sua realidade.

O adeus daquela Princesa, foi à chegada de uma Mulher Cor de rosa CHOQUE.

2 comentários:

Hannah Ramos disse...

E que é uma mulher maravilhosa e que só me dá motivos pra me orgulhar de tudo o que ela faz, de tudo o que ela representa na minha vida!

Te amo demaisssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss e sempre.

Mulherzinha Sim! disse...

Gostei!