Twitter

sexta-feira, 6 de março de 2009

O que esperam de nós?


Eu não gostaria que este blog ficasse marcado por seus textos sobre relacionamentos amorosos, ou, visões feministas. Mas, infelizmente não tenho como evitar textos como esse de hoje. Então, lets go!

Assim como o título que encabeça nossa "historinha" de hoje, a relação entre dois, ou mais, indivíduos é um questionamento sem fim. Quando estamos dispostos a conquistar alguém sempre pensamos na forma como gostaríamos que a pessoa nos visse, e na forma real que ela vê. O que se torna desesperador, ?

Começam a passar em nossas cabecinhas "in love's" coisas do tipo;

- Ele me acha chata demais;
-Não sei se sou o tipo físico dele(a);
-Acho que estou sendo muito direta e bobona;
-Será que ele(a) não entendeu ainda minhas reais intenções?
-Deveria sorrir mais ou menos?
-Se ele me quiser como amiga só?
-Se nem como amiga ele me suportar?
-Ele me trata bem porque está afim, ou, porque é educadinho?
- Ele gosta de outra?
e por aí vai(...)
Muita gente diz que tudo isso é uma verdadeira bobagem, que "sendo você mesmo" que tudo vai dar certo. Só que, as expectativas que criamos sobre a pessoa, também, são pontos que dificultam a relação. Da mesma forma que o carinha, ou, a "gatinha"(I hate this!), podem ser tudo o que vocês sempre esperaram do Universo, mas, também podem ser o pior dos tipos que você achava que existiam.

Por isso, estou perdida. Não sei o que os "homens" esperam de mim, e tão pouco sei o que posso esperar deles. Help Me!

Mas, antes de "ouvi-los" tenho algo a confessar. Eu sou daquelas(...)
"duronas com os que estão afim, e molengas com os desejados affairs".

E você possível leitor dessa confusão emocional, o que espera da sua outra metade, e o que ela pode esperar de você? Responda vai!