Twitter

quinta-feira, 12 de março de 2009

Ver é diferente de Olhar


Muitas são as vezes em que acreditamos ver algo, mas, não enxergamos os pontos mais importantes daquilo. E o ver é confundido com o simples ato de olhar. Ultimamente, estamos todos olhando uns aos outros de maneira superficial. Ninguém mais se vê.

Não identificamos no próximo as tristezas, fraquezas, medos, e até mesmo a afeição.

Ah, o amor! Pobrezinho, de tanto viver olhando acabou cego.

Os enamorados, apaixonados contidos, e afins, já passam por uma cegueira clássica. Mas, o processo que antecede a paixão, a identificação, não está sendo visto como deveria.

Os antigos sinais que emitiam todos os verdadeiros interesses, não estão mais sendo compreendidos. E o motivo, é que o outro apenas OLHA. E quem só olha, não tem sensibilidade o suficiente para captar toda a intenção dos gestos.
A maioria de nós vive buscando a "tampinha do nosso pote", mas, do jeito em que estamos levando as relações pessoais, fica difícil encontra-la. Pois, a pessoa tão esperada pode estar ao nosso lado, e sermos cegos demais para notá-la.
Portanto, não importa estar somente de coração aberto. Precisamos abrir bem os olhos, ver os outros, e deixar sermos vistos também, e não apenas OLHADOS.
Quem beija com os olhos, nunca é rejeitado. Quem esquece de ver quem beija, jamais é amado.

6 comentários:

Zingara disse...

Verdade, há uma vulgaridade de relacionamentos muito grande. As pessoas reclamam mas não percebem suas posturas.

Adorei a frase de desfecho.

Beijos,
Zin

Hannah Ramos disse...

nao é pq sou sua irmã mas vc escreve lindamente cada coisinha aqui neste espaço, tudo do seu jeitinho. e eu amo estar sempre aqui, por mais que as vezes nao comente. adorei o texto, beijos te amo (obvio ne kkkk)

Anônimo disse...

lindo texto Queriida!
Ultimamente temos visto pessoas que vulgarizam o amor.
Quando tiver um tempo, leia o texto da Martha Medeiros ' Beijos a Granel'.
É maravilhoso !

Beijos!!

Caroline Gomes disse...

Oiii,
Me Chamo Carol sou do Rio de Janeiro e acabei de fazer um brechó On line...ser que vc pode me Link???se puder...
http://hiperbrecho.blogspot.com/
Bjos

Valéria Martins disse...

Querida, vou adiante e digo que além de não ver - acho que ver as pessoas até vêem, sim - está cada vez mais difícil encontrar alguém que te ESCUTE.

A maioria fala sozinho e, quando o interlocutor consegue uma brecha pra se expressar, o outro está imerso em seus próprios pensamentos, que falam sem parar dentro de sua cabeça, arquitetanto o que irá dizer no momento seguinte. Ufa!

Por isso o trabalho do psicólogo é valioso: a gente paga para ser escutado.

Para eu me relacionar, a pessoa tem que ter escuta. Senão, não tem jogo!

Salve Jorge disse...

Olhou
Mas não me viu
Disse quem passou
Entendendo o desvario
Que como o céu
Que se abre no estio
Permite o vôo
Ao léu
A quem mesmo com tanto escarcéu
Enxerga além...